Anderson Leonardo, do Molejo é acusado de estuprar jovem virgem

Nesta quarta-feira (3), todo mundo foi pego de surpresa com a notícia de que o vocalista do grupo de pagode Molejo, Anderson Leonardo, foi acusado de estuprar um jovem de 21 anos. O jovem que não teve sua identidade revelada, prestou queixa na 33ª Delegacia do Rio de Janeiro.

O colunista Alessandro Lobianco, do programa “A Tarde é Sua”, teve acesso ao depoimento do rapaz que relatou que tinha um contrato de “palavra” para se empresariado por Anderson. O pagodeiro organizou uma reunião no dia 11 de dezembro, e acabou levando-o para um motel. Ele se justificou sendo uma conversa profissional e sigilosa.

Leia Também: Em novo livro Jessica Simpson fala de abuso sexual quando criança

No recinto, o vocalista retirou o celular das mãos da vítima e agiu com agressividade, empurrou para a cama, o despiu e também agrediu com tapas no rosto. Desesperado, o jovem pediu para ele parar. “Não chora seu filho da p*ta, sua vagabund*, piranh*“, foi o que o rapaz relatou ter escutado.

Mesmo informando que era virgem, Anderson não respeitou os pedidos e súplicas, “P*ta, não é virgem“, respondeu o cantor. Ainda tentando se afastar do ato, o jovem não resistiu e acabou sendo penetrado pelo pagodeiro. O jovem relatou que o ato foi agressivo, sem lubrificante e sem preservativo, o que fez com que o rapaz sangrasse bastante.

A vítima não queria fazer a denúncia com medo de ser interpretado como oportunista e também pelas conexões do vocalista do Molejo, com criminosos. Após sua mãe incentivar a ida à delegacia, o rapaz relatou que tem uma cueca com seu próprio sangue e sêmen do Anderson Leonardo como prova.

Na noite desta mesma quarta-feira (3), o vocalista Anderson Leonardo, utilizou seu Instagram para se pronunciar sobre as acusações:

NOTA À IMPRENSA.
O cantor ANDERSON LEONARDO, em face das recentes matérias veiculadas envolvendo o seu bom nome artístico, acerca de suposto estupro, vem esclarecer aos seus inúmeros fãs, contratantes e amigos o seguinte:
O Cantor foi surpreendido, assim como todos, com o que foi veiculado na imprensa na data de hoje, não tendo qualquer conhecimento acerca do publicado em redes sociais ou mesmo em sede policial, vez que não foi intimado para prestar quaisquer informações, pelo que, não teve nem mesmo ciência do que consta do registro de ocorrência.

Esclarece ainda que lamenta profundamente as declarações envolvendo seu nome, refutando qualquer ato de violência contra quem quer que seja, negando categoricamente à acusação completamente falsa de agressão sexual feita em seu desfavor. Ressalta, outrossim, que em mais de 30 anos de vida pública, jamais tivera seu nome ligado a qualquer ato criminoso ou que viesse a desabonar ou macular a sua imagem e carreira, seja de sua vida profissional ou pessoal.

Informa também que conhece a suposta vítima, mas jamais praticou os atos veiculados na imprensa, inclusive, tem conhecimento que a suposta vítima já esteve presente em diversas apresentações artísticas do Cantor, em ocasiões posteriores à falaciosa alegação, o que demonstra, claramente, que a narrativa publicada nunca ocorreu.

Leia Também: Identidade do estuprador de Demi Moore é revelada

Assim, o cantor esclarece, por meio de sua assessoria, que os fatos publicados não são verdadeiros, repudiando veementemente os profissionais que praticam o jornalismo inverídico, sensacionalista e desarrazoado. Certos jornalistas primam demasiadamente pelas notícias negativas, porque sabem que vendem mais jornal e atraem mais clicks em suas páginas. Mesmo que isso represente uma mácula na imagem das pessoas, ainda mais tais declarações, caluniosas e difamatórias, que vêm a atingir toda a família do cantor.

O cantor reafirma ser um grande defensor da liberdade de imprensa, porém, desde que responsável e autêntica.
Por fim, nega as infames acusações que lhes são imputadas, as quais foram recebidas com grande surpresa, reforçando sua inocência, a qual tem certeza que será demonstrada e comprovada no curso do inquérito policial.

Ademais, sempre pautou sua vida profissional, pública e pessoal pela ética, caráter, respeito e retidão, sendo inimaginável ser acusado de algo dessa natureza.”

Deixe seu comentário!

Andy Santana

CEO do Soda Pop, fotógrafo, inquieto, formado em moda e que ama música. Não exatamente nesta mesma ordem!

Andy Santana has 7148 posts and counting. See all posts by Andy Santana

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: