#Crítica: The Circle, reality da Netflix faz alerta sobre as redes sociais e influencers

Imagine um game onde os participantes não se veem, conversam através de um APP, pessoas utilizam imagens para garantir uma melhor aceitação e os influencers tem poder de decisão. Parece com a vida real? Este é o “The Circle” novo reality show da Netflix que ganha também uma versão nacional apresentada pela Giovanna Ewbank.

O programa é dividido em 12 episódios, e 8 participantes disputam chegar na final, para isso eles tem que realizarem conexões com os outros através da TV, e causar uma boa empatia para se manter dentro do jogo e com pontuações satisfatórias.

Leia Também: “Next In Fashion” o reality de moda da Netflix

The Circle faz um alerta sobre como atuamos nas redes sociais, o fake news, o catfish (personagem fictício) e até mesmo as falsas conexões para conquistar o participante/aliado são explorados neste programa. Todo dia uma nova eliminação, e também a chance de entrada de novos participantes, causam desesperos e dúvidas nos jogadores. Os “influencers” mais populares, tem o direito de bloquear um participante que deixará a competição.

O jogo é viciante, e te faz querer descobrir quem será o grande vencedor conquistando o prêmio de US$ 100 mil dólares. Sucesso mundial, o reality te esperanças de conquistar fãs brasileiros com sua versão nacional.

Deixe seu comentário!

Andy Santana

CEO do Soda Pop, fotógrafo, inquieto, formado em moda e que ama música. Não exatamente nesta mesma ordem!

Andy Santana has 6690 posts and counting. See all posts by Andy Santana

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: