#Entrevista: Conheça Emerson Leal novo nome da MPB que faz show em São Paulo

Chega à capital paulista o cantor, compositor, instrumentista e produtor Emerson Leal,  com seu show solo “Ao vivo no Rio” baseado no seu último EP lançado neste ano. Considerado como grande revelação de letristas de MPB, Emerson conversou sobre inspirações, o show e o que podemos esperar das canções que prometem marcar a história e a vida de muitas pessoas, confira:

Soda Pop: Você que é considerado a grande revelação como letrista da nova MPB, como vê a importância de letras com conteúdo em uma época de militância como estamos vivendo atualmente?
Emerson Leal: Eu sempre gostei muito mais de canções com letras que trouxessem boas ideias. Então, pra mim, tentar fazer uma boa letra é praticamente uma condição quase inconsciente, quando vou compor. Hoje, realmente, muitos trabalhos artísticos são plenamente engajados e as letras das canções não poderiam ficar de fora disso. E quando elas são boas, melhor ainda, para o público, para a causa, para o próprio compositor.

SP: Ana Carolina já cantou música sua, com Tom Zé fez parceria e também recebeu a benção do mestre Chico Buarque, pretende lançar novas parcerias em breve? E com quem gostaria de gravar?
EL: As parcerias têm surgido naturalmente; no momento não tenho feito planos nesse sentido. Mas é sempre muito bom encontrar alguém com quem a gente possa contribuir e que tenha a ver musicalmente, existencialmente. Com quem gostaria de gravar? Recentemente me perguntaram isso e eu respondi: Anitta. Continuo respondendo igual. Ela é multitalentosa e genuína, não parece ter muitos medos e muitas fronteiras.

SP: Quais são suas influências/referências?
EL: Toda a música popular brasileira feita sobretudo nos anos 60 e 70 – que, por sua vez, recebeu grande influência do samba dos anos 30 e da Bossa Nova. Dos gringos, pouca coisa, acho. Talvez o que tenha se dissolvido na nossa própria música.

SP: Você que toca diversos instrumentos, como estas habilidades ajudam na hora de compor? Quais são suas inspirações?
EL: Ótima pergunta. Tocar bem um instrumento não garante compôr bem, como já nos ensinou o mestre Luiz Tatit. Mas ajuda a, digamos, lustrar, polir as harmonias, solucionar mais facilmente alguns quebra-cabeças em que a gente se mete na hora de compôr. Já as inspirações acontecem ao sabor da existência, mesmo. Pensamentos e emoções novas contribuem para o surgimento de novas idéias. Aí, quando isso acontece, é correr pro violão e tentar traduzir as ideias em canção.

SP: O que podemos esperar do seu show solo em São Paulo?
EL: Uma grande conexão, uma oportunidade de se reconhecer, se identificar e também de sentir emoções novas.

Serviço:
Emerson Leal – Show Solo
Local: Teatro de Bolso do IV Mundo | Praça Jesuíno Bandeira, 124 | Vila Romana | São Paulo/SP
Data: 17 de outubro, às 20 horas
Preço: R$ 20,00
Meia-entrada: para estudantes
Formas de pagamento: todos os cartões de crédito/débito
Vendas: No local, à partir das 19:00h
Capacidade do local: 40 pessoas
Telefone para informações: (11) 98252-8388
Classificação etária: livre
Capacidade do local: 40 pessoas
OBS.: A casa abre às 19:00h e tem serviço de bar.

Deixe seu comentário!

Andy Santana

CEO do Soda Pop, fotógrafo, inquieto, formado em moda e que ama música. Não exatamente nesta mesma ordem!

Andy Santana has 2850 posts and counting. See all posts by Andy Santana

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: