#Entrevista: Marcelo Canaan fala sobre o concerto “The Wall – o filme”

Pela primeira vez em São Paulo, o aplaudido concerto “The Wall – o filme” desembarca no Tom Brasil no dia 08/02/2019. Originado em Belo Horizonte – MG, o tributo ao Pink Floyd é composto por banda, orquestra, coral e coro infantil, totalizando mais de 50 músicos que executam, ao vivo, a trilha sonora do filme “The Wall”, de 1982. Marcelo Canaan conversou com o Soda Pop sobre a importância e a relevância que o Pink Floyd tem até hoje, confira:

Soda Pop: Marcelo como surgiu a ideia de realizar o espetáculo “The Wall – o filme” com a orquestra e o coral ao vivo?
Marcelo Canaan: A principal premissa do PINK FLOYD REUNION é reproduzir as músicas do Pink Floyd sempre em suas versões originais, respeitando os arranjos, sem espaço para improvisações ou adaptações. O The Wall seria um grande desafio, pois é impossível reproduzir de forma fiel os arranjos originais sem uma orquestra, um coral e um coro infantil. Além disso, a banda sempre usa projeções em vídeo, sincronizadas com a música executada ao vivo. Como o The Wall, além de um álbum, é um filme longa metragem no qual a história é contada através das músicas, ele se revelou um “prato cheio” para o nosso projeto.

SP: Após 37 anos “The Wall – o filme” continua sendo referência, à que se deve o fenômeno?
MC: Além de contemplar alguns dos maiores sucessos do Pink Floyd, o The Wall é uma experiência completa.

SP: Qual melhor memória você tem de “The Wall”?
MC: Sinceramente? Minha melhor memória do The Wall vem de 2017, no dia em que ouvi ao vivo, pela primeira vez, os arranjos originais executados pela nossa parceira, a Fractal Orchestra, conduzida pelo maestro Rodrigo Garcia. Foi impossível conter a emoção de ouvir ao vivo, de perto, a trilha sonora da minha infância e adolescência.

SP: Se pudesse escolher uma única música do Pink Floyd, qual seria a emblemática e por que?
MC: Comfortably Numb. Além de ser provavelmente a principal parceria de Roger Waters e David Gilmour, os principais compositores do Pink Floyd, os solos de guitarra de Gilmour na música são frequentemente eleitos como alguns dos mais importantes solos de guitarra da história do rock.

SP: Por que não pode perder o concerto “The Wall – o filme”?
MC: Nem mesmo o Pink Floyd se atreveu a executar o The Wall desta forma, com a trilha sonora executada em sincronia com o filme, projetado numa tela de altíssima definição, envolvendo banda, orquestra, coral e um coro infantil. É uma experiência audiovisual totalmente inédita. O público sai realmente extasiado e emocionado com a experiência.

Serviço:
Local: Tom Brasil
Rua Bragança Paulista, 1281 – Chácara Santo Antônio
Data: 8/02/2019
Horário de início do show: 22h    
Horário de abertura da casa: 2h antes do espetáculo    
Censura: 14 anos
PREÇOS

Camarote R$ 160,00
Frisas R$ 140,00
Cadeira Alta R$   80,00
Setor Vip R$ 160,00
Setor 01 R$ 130,00
Setor 02 R$ 100,00
Setor 03 R$   80,00

Deixe seu comentário!

Andy Santana

CEO do Soda Pop, fotógrafo, inquieto, formado em moda e que ama música. Não exatamente nesta mesma ordem!

Andy Santana has 3736 posts and counting. See all posts by Andy Santana

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: