Kell Smith, Luiza Possi, Larissa Manoela e outros artistas participam do festival online #CadaUmDeNós da ONU

Com o objetivo de trazer conscientização para o público jovem sobre a importância da manutenção das medidas de prevenção contra a COVID-19, a Organização das Nações Unidas (ONU) promove nos dias 15 e 16 de julho às 20 horas o festival de música online #CadaUmDeNós.

Serão 13 cantores da música brasileira unidos em prol de uma única mensagem: ‘Cada Um de Nós pode fazer a diferença’. No formato de live, o evento faz parte do projeto Verificado, iniciativa global da ONU para combater a desinformação na pandemia da COVID-19. O festival tem produção musical da Nigro Entretenimento e apoio do TikTok na transmissão e divulgação.

Leia Também: Saiba quais são os artistas que se apresentam no Festival Sesc de Inverno que começa nesta sexta-feira

O festival terá interação com o público e depoimentos dos cantores, artistas e celebridades, como Adriana Esteves, Vladimir Brichta, Denilson, Rubinho Barrichello, Caio Ribeiro, Maurren Maggi e Lucão, entre outros. A a live ficará sob o comando de Giovanna Rispoli, Bruno De Luca e Fiuk no dia 15 e de Thelminha e André Vasco no dia 16. No line up estão nomes de peso da cena musical brasileira que se engajaram na causa e entenderam que ações individuais somadas à união de todos por um propósito fazem a diferença: Carlinhos Brown, Vitor Kley, Larissa Manoela, Fiuk, Luiza Possi, Melim, Negra Li, João Guilherme, Kell Smith, GragQueen, Mariana Rios, Afonso Nigro e Paulo Miklos.

A ideia era mesclar um pouco, trazer mais artistas jovens, que estão chegando com muita potência e muito talento. Músicas incríveis e autorais, e a partir daí produzimos para todos duas músicas, fizemos um videoclipe gravado especialmente e inédito para a ONU e para o projeto. Alguns gravaram em estúdios e outros em externa, com muita qualidade“, revelou Anfonso Nigro que capitania o #CadaUmDeNós.

Muitos dos jovens artistas presentes no line-up conversam com seu milhões de fãs através de suas redes sociais. O projeto visa conscientizar os dois públicos, tanto dos novos artistas quanto dos veteranos, criando uma rede de informação e combate à fake news, ligada ao combate da Covid-19. “Esse é o momento da vez de ser pró vacina, eu acredito que fará toda a diferença a gente se unir. A gente se une a essa corrente de consciência, de informações que sejam verificadas, de informações que possam gerar vidas e não de causar mortes“, se comprometeu Kell Smith, ao aderir ao projeto da ONU Brasil.

Leia Também: Mxmtoon vem ao Brasil pela primeira vez no Power Of Pride Festival 2021

Os artistas convidados tiveram total liberdade para escolher quais músicas gostariam de apresentar ao púbico, “alguns escolheram músicas de grande sucesso na carreira e uma música nova/lançamento. Outros escolheram dois sucessos, por exemplo o Paulo [Miklos], cantou uma música do Titãs e uma música da carreira solo” adiantou Afonso. Nos vídeos os fãs poderão se conectar com as emoções a flor da pele dos artistas, alguns deram uma nova roupagem à músicas que estamos acostumados a escutar nas rádios, criando uma versão única para a live.

A ideia é que depois que o setor do entretenimento estiver podendo realizar shows com segurança (vide, a maioria da população vacinada com a segunda dose ou dose única), possa acontecer de forma presencial o Festival. “Eu tenho certeza que esta live vai acontecer e com todo mundo no palco junto, vacinado e a gente será muito feliz“, entregou o Nigro.

Serviço:
Festival #CadaUmDeNós
Data e hora: 15 e 16 de julho às 20h
Local: canais da ONU Brasil no TikTok (https://www.tiktok.com/@onubrasil?lang=en)
YouTube (https://youtu.be/9wIv9jMwR9Q )

Deixe seu comentário!

Andy Santana

CEO do Soda Pop, fotógrafo, inquieto, formado em moda e que ama música. Não exatamente nesta mesma ordem!

Andy Santana has 7670 posts and counting. See all posts by Andy Santana

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: