#Resenha: Grey: Cinquenta Tons de Cinza pelos olhos de Christian

Em “Grey” o tórrido início de romance entre Christian Grey e Anastasia Steele é vista e narrada pelo dominador Christian. E.L. James consegue reescrever a mesma história só que com a visão mais picante e mais quente dos acontecimentos que tornaram a vida de Ana mais cheia de cor.

No romance, Ana uma garota inexperiente se apaixona pelo empresário e bem sucedido Christian Grey que tem seus traumas e manias, muitas delas relacionadas ao sexo e a dominação. O livro mostra como em diversos momentos Ana conseguiu confrontar e conquistar espaço dentro do coração e da vida de Grey. A escritora foi sábia em atender os desejos do público que queria saber como o personagem masculino se sentia em relação a novidade que lhe foi apresentada em uma entrevista para um jornal escolar. A dúvida que fica no ar é se vai ter continuação dos outros dois livros da trilogia, pelos olhos de Christian Grey, assim como no primeiro volume eu devorei “Grey: Cinquenta Tons de Cinza pelos olhos de Christian”.

Você já leu? Gostou? Deixe sua opinião.

Livro: Grey: Cinquenta Tons de Cinza pelos olhos de Christian
Autora: E.L. James
Editora: Intrínseca
Nota: 4/5
Página: 528

Deixe seu comentário!

Andy Santana

CEO do Soda Pop, fotógrafo, inquieto, formado em moda e que ama música. Não exatamente nesta mesma ordem!

Andy Santana has 2403 posts and counting. See all posts by Andy Santana

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: