#Moda: Grupo Malwee lança plataforma para criação de lojas virtuais

Em um movimento inédito em 52 anos de história e alinhado com o propósito de impulsionar a digitalização do pequeno varejo de moda brasileiro, o Grupo Malwee anuncia o lançamento de uma solução digital que cria, em um prazo máximo de até 1 hora, uma loja virtual completa para a sua rede de mais de 25 mil clientes lojistas em todo o país.

Intitulada “[a sua].loja Malwee”, a plataforma propõe uma das soluções mais completas e acessíveis pensada para o comércio de roupas do país, oferecendo todos os recursos para a criação de uma loja online de forma rápida e simples, dando ao lojista a possibilidade de trazer o cliente que frequentava a sua loja física para a experiência de compra no seu canal virtual.

Leia Também: Chanel apresenta Cruise Collection 2021 virtualmente

A solução foi criada em parceria com a startup Kaztor Tecnologia, o Sebrae e o Senai, e está conectada com outras plataformas digitais como Google Meu Negócio e redes sociais, permitindo ao lojista fazer todo o gerenciamento da sua loja online como controle de preços e descontos, gestão de estoque e grade de produtos, cronogramas de lançamento e promoções, além da gestão de clientes e do seu marketing digital.

A plataforma já está disponível gratuitamente, pelos primeiros três meses de uso, para todas as franquias e lojas fidelizadas do Grupo Malwee. A partir da segunda quinzena de junho, todos os clientes multimarca do país poderão acessar [a sua].loja Malwee. Já está no ar um hotsite para receber as inscrições dos clientes lojistas da companhia.

Leia Também: Olympikus oferece capacitação e estimula a geração de renda extra no Brasil durante quarentena

Atendimento por redes sociais; vendas por Whatsapp

Ainda de acordo com o CEO do Grupo Malwee, a forma como a plataforma foi desenhada permite aos clientes multimarcas vender até mesmo peças de concorrente das marcas da companhia – iniciativa que não encontra paralelo no setor do varejo de moda brasileiro.

Após a jornada de criação, começa a fase de contato e divulgação da loja e produtos junto ao consumidor, que pode acessar diretamente o site para a sua experiência de compra, ou receber o tablóide virtual por Whatsapp.

Neste caso, a venda é toda feita pelo aplicativo de mensagens, desde a escolha das peças, negociação da forma de pagamento, até o alinhamento sobre a entrega. As redes sociais são ferramentas indispensáveis para alavancar as vendas.

Deixe seu comentário!

Andy Santana

CEO do Soda Pop, fotógrafo, inquieto, formado em moda e que ama música. Não exatamente nesta mesma ordem!

Andy Santana has 6376 posts and counting. See all posts by Andy Santana

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: