#Música: 18 novas releituras celebram a obra de Adriana Calcanhoto

Como já sugere o título, “Nada Ficou no Lugar” no álbum em que a nova cena canta Adriana Calcanhotto. São dezoito releituras de muito bom gosto e para muitos gostos. Tem eletrônico, pop, brega, pagode, rap e bossa nova. Uma gama de produtores de primeiro escalão e um time de peso interpretando clássicos e canções lado B – se é que isso é possível quando se fala em Adriana. Idealizado e com curadoria de Andrea Franco e Zé Pedro, “Nada Ficou no Lugar” será lançado pela Xirê e Sony Music, dividido em três EPs.

A primeira parte do álbum que chegou nesta sexta-feira, 21, em todas as plataformas digitais trouxe Johnny Hooker, Mahmundi, Rubel, Priscila Tossan, Ava Rocha e O Quadro. Eles cantam “Mentiras”, “Cariocas”, “Por que você faz cinema”, “Vambora”, “Ambar” e “Negros”, respectivamente.

Em janeiro, o segundo EP abre com Baco Exu do Blues interpretando “Senhas”, seguido de Alice Caymmi cantando “Metade”, Àttooxxá com “Toda sexta-feira”, Mãeana relendo “O amor me escolheu” e Illy e Larissa Luz dando a voz em “Pelos ares” e “Vai saber”.

Antes do Carnaval, o terceiro bloco chega às ruas com Preta Gil em “Pode se remoer”, Duda Beat com “Seu pensamento” e Jaloo com “Esquadros”. O timaço é fechado por Letrux em “Já reparô?”, Arthur Nogueira com “Cantada” e Tais Alvarenga com “Inverno”.

Deixe seu comentário!

Andy Santana

CEO do Soda Pop, fotógrafo, inquieto, formado em moda e que ama música. Não exatamente nesta mesma ordem!

Andy Santana has 4996 posts and counting. See all posts by Andy Santana

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: