#Música: Conheça as novidades do BaianaSystem

A faísca que dispara uma ideia vem com a força de um movimento de eletricidade que está no centro de toda criação. No século XX, quando a eletricidade injetou poder para revolucionar a história, nossas máquinas nos projetaram para um futuro onde a linha do tempo se dilui e confunde passado, presente e futuro.

Na Bahia dos anos 40, junto à modernidade dos eletrodomésticos, carros e indústria, a invenção do pau elétrico (que veio a ser a guitarra baiana nos anos 70) e consequente criação do trio elétrico (assim como muitas outras invenções baseadas nos mesmos princípios, ferramentas em sincronicidade ao redor do mundo) revolucionou o Carnaval e o comportamento, trazendo uma experiência social completamente nova, diretamente ligada ao envolvimento sensorial e hipnótico da propagação do som.

Leia Também: Margareth Menezes grava com Marcia Castro, música de Lucas Santtana

Em 2020, ano em que se comemora os 70 anos do trio, BaianaSystem e Armandinho, Dodô & Osmar se juntam para lançar uma faixa na qual a guitarra baiana volta a ser um ponto de partida para novos impulsos, movidos como todos nós que vivenciamos o século XXI, por muito mais estímulos do que nossa capacidade poderia imaginar.

A experimentação instrumental foi a tônica desse encontro, onde as referências e ferramentas da música eletrônica se misturaram com timbres e células rítmicas de uma tradição estética musical baiana. A música hoje, com infinitas possibilidades de criação, guiada por algoritmos que elevam a capacidade elétrica e eletrônica a níveis exponenciais, é produto de uma corrida no tempo, onde o circuito e a forma como percorremos ele passa a ser o grande combustível.

Após anunciar a chegada da primeira edição ao mercado latino-americano, em Salvador, o AFROPUNK, marca internacional de música e entretenimento, promove, em parceria com o grupo BaianaSystem, uma ação especial para o carnaval de Salvador, nos dias 22 e 23 de fevereiro, no circuito Barra Ondina. 

No sábado (22), o icônico trio utilizado pelo grupo baiano BaianaSystem, conhecido como “Navio Pirata”, se transforma no trio AFROPUNK e será comandado pelo grupo Afrocidade, que em seu repertório canta as lutas e a resistência do povo negro.

Já no domingo (23), acontece a tradicional saída do BaianaSystem com as participações especiais de BNegão, Vandal e a cantora do Ilê Ayi, Iracema Killiane.

Deixe seu comentário!

Andy Santana

CEO do Soda Pop, fotógrafo, inquieto, formado em moda e que ama música. Não exatamente nesta mesma ordem!

Andy Santana has 6675 posts and counting. See all posts by Andy Santana

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: