#Música: Marcelo Jeneci lança álbum “Guaia” inspirado em suas memórias

Porque sou de Guaianazes, bairro da periferia da cidade de São Paulo, construído por trabalhadores do Brasil profundo que espalham afeto, resistência, dança, dores, cores e cultura. Lá, recebi a chama e o chamado pra romper com música o escuro do futuro. Trago na alquimia desse álbum a rua onde cresci, o agreste de Pernambuco e a grande metrópole que se fundiram em mim.

Chamei Pedro Bernardes produtor de música eletrônica, sinfônica e imagética para produzir o disco comigo e traduzir minha história em um novo território sônico. Nessa busca, encontramos Lux Ferreira, produtor musical e programador que coproduz, aperfeiçoa e dá contorno ao todo.

Leia Também: Marcelo Jeneci lança a primeira música de seu terceiro álbum

O disco todo é praticamente tocado por mim, gravado por Lux e regido por Pedro. E potencializado pelas pontuais participações de Lucas dos Prazeres na percussão, mestre Adelson Silva na bateria de frevo, Robinho Tavares no baixo de “Vem Vem”, e a Filarmônica de São Petesburgo nas cordas de “O Seu Amor Sou Eu”. Em “Vem Vem”, faço dueto com a encantadora Maya, uma nova estrela da música brasileira que queremos que seja ouvida. E celebro as bandas de Pífano de Caruaru com a participação de Joao do Piff, Marcos do Piff e Zé Gago.

Deixe seu comentário!

Andy Santana

CEO do Soda Pop, fotógrafo, inquieto, formado em moda e que ama música. Não exatamente nesta mesma ordem!

Andy Santana has 6341 posts and counting. See all posts by Andy Santana

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: