Rapidinha com Lucas Paiva

Para superar um momento difícil não existe fórmula mágica, mas há quem diga que aproveitar o presente e olhar para o futuro com mais carinho podem ser bons caminhos para ficar em paz. Assim canta Lucas Paiva, na nova música, “Amanhã”. Em uma vibe relax e ao mesmo tempo reflexiva, o cantor, compositor e multi-instrumentista explora o romantismo de sua musicalidade, exaltando suas referências de pop rock acústico.

Leia Também: Junin lança projeto solo e autoral, fruto de experimentos da quarentena

Soda Pop: O “Amanhã” sempre vem, o que esperar deste novo single da trilogia de lançamentos recentes?
Lucas Paiva: Por enquanto nós só tivemos a “Hj” e agora a “Amanhã”. Espero que as pessoas gostem da música e que se identifiquem com ela. É a única coisa que eu posso pedir.

SP: O que espera para o amanhã?
LP: Como pessoa, eu espero que eu continue com a saúde boa, que minha carreira musical continue evoluindo, que, talvez, eu encontre alguém.

SP: Ontem, Hoje ou Amanhã? O que é mais importante para você: os ensinamentos, a vivência ou a esperança?
LP: Para mim, os três são muito importantes. Acho que você não consegue ter um sem o outro, essa é a minha opinião. É uma balança dos 3 (ensinamentos, vivências e esperança).

Deixe seu comentário!

Andy Santana

CEO do Soda Pop, fotógrafo, inquieto, formado em moda e que ama música. Não exatamente nesta mesma ordem!

Andy Santana has 7293 posts and counting. See all posts by Andy Santana

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: