#Resenha: Doidas e Santas

Martha Medeiros é de tudo um pouco, poeta, escritora, cronista, romancista e muito divertida. Com textos bem humorados, análises do cotidiano, dicas de livros e filmes alternativos, ela transformou suas crônicas publicadas em jornais, em um best-seller “Doidas e Santas”. Dez anos se passaram do lançamento do livro, um compilado de textos escritos entre os anos 2005 a 2008 e publicados em periódicos, onde os temas diversos continuam atuais e nada datados.

Como são textos pessoais, as impressões de determinadas épocas são divertidos com as análises de uma expert em observar as pessoas, seja uma mulher chorando no trânsito, em um filme de Woody Allen ou mesmo sobre ela mesma, a escrita precisa, doses de humor na medida exata, faz deste um livro rápido, gostoso e fácil de ler, pois as crônicas são curtas e leves, e pode ter certeza te levam à reflexões por várias horas, se indagando sobre o presente passado.

Sentimentos, ideologia e amor, são a base de muitos textos, mas com certeza você se pega pensando aonde eu estive que não vi este filme? Ou o que eu fazia nesta época? E quando termina a leitura dá um aperto no coração, por não ter mais a amiga Martha Medeiros, assim, tão pertinho falando cara a cara com você.

“Podemos viver muito bem sem cultura, mas a vida perde em encantamento”
Martha Medeiros

Livro: Doidas e Santas
Autora: Martha Medeiros
Editora: L&PM Editores
Avaliação: 4/5
Páginas: 232

Deixe seu comentário!

Andy Santana

CEO do Soda Pop, fotógrafo, inquieto, formado em moda e que ama música. Não exatamente nesta mesma ordem!

Andy Santana has 3023 posts and counting. See all posts by Andy Santana

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: