#Resenha: Kiki Strike e a Cidade das Sombras

Ananka Fishbein é uma garota normal, que vive numa escola para garotas que são divididas entre as super populares e ricas, as medianas e as bolsistas. Sua vida parece que será igual a de seus pais, que vivem para os estudos. Tudo isso muda a partir do momento que ela conhece Kiki Strike e conhece a “Cidade das Sombras”.

Cidade das Sombras é uma “cidade”, na verdade passagens e túneis com diversas salas espalhadas por baixo da cidade de Nova York. Kiki que está em busca de desvendar alguns segredos e também é claro, atrás de aventuras, recruta algumas garotas (cada uma com uma especialidade) para ajudar a encontrar o “tesouro”. Mas será que Kiki é realmente quem aparenta ser? Uma menina que nunca come, com cabelos tão brancos que parecem que perdeu a cor e com habilidades marciais difíceis para uma simples garota de 12 anos.

Kiki, Ananka, Oona, Luz, Betty e Dee Dee vão se meter em diversas encrencas e aventuras arriscadas para desvendar o mistério que envolve tanto a Cidade das Sombras quanto a vida desconhecida de Kiki Strike. Tem fugas, brigas, mistério e suspense. Confesso que é um livro infanto juvenil, que até a sua metade é bem chato e cansativo, mas depois a história muda e te faz querer ler até o fim. O final não é dos melhores e eu tiraria as “dicas” que a autora dá ao término de cada capítulo, isto realmente é bem chato.
Já leu? Deixe sua opinião aqui.

“As pessoas quietas guardam os segredos para elas mesmas. É isso que as torna interessantes” Kirsten Miller

Livro: Kiki Strike e a Cidade das Sombras
Autora: Kirsten Miller
Editora: Galera Record
Avaliação: 2/5
Página: 448

Deixe seu comentário!

Andy Santana

CEO do Soda Pop, fotógrafo, inquieto, formado em moda e que ama música. Não exatamente nesta mesma ordem!

Andy Santana has 6342 posts and counting. See all posts by Andy Santana

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: