#Saúde: Rinoplastia pode tratar problemas anatômicos além da estética

Ter o nariz perfeito é o sonho de muitas pessoas, por isso os números de cirurgias plásticas na região têm aumentado ultimamente. E não são só as mulheres que estão buscando esse tipo de tratamento, já que a busca pela cirurgia entre os homens aumentou quase quatro vezes nos últimos cinco anos, segundo levantamento da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP). 

De acordo com o médico, entre os problemas funcionais que podem ser corrigidos em uma rinoplastia estão o desvio de septo, a hipertrofia dos cornetos nasais, patologias dos seios da face, entre outros.

Leia Também: Saiba quais cirurgias plásticas são as melhores para se fazer no inverno

Para o correto diagnóstico, é importante que o cirurgião solicite os exames pré-operatórios para análise completa da estrutura e anatomia do nariz. No tratamento conjunto, é possível fazer, por exemplo, a rinosseptoplastia, cirurgia plástica que reúne a rinoplastia estética e a correção do desvio de septo.

Mas o Dr. Paolo Rubez alerta que, para que seja realizada uma rinoplastia funcional e estética na mesma cirurgia, o cirurgião plástico responsável deve ter um amplo conhecimento da anatomia nasal de forma a definir como o procedimento será realizado, se pelo método aberto ou fechado, e se em conjunto com um otorrinolaringologista.

Deixe seu comentário!

Andy Santana

CEO do Soda Pop, fotógrafo, inquieto, formado em moda e que ama música. Não exatamente nesta mesma ordem!

Andy Santana has 4976 posts and counting. See all posts by Andy Santana

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: