#Saúde: Tudo o que você precisa saber sobre Criofrequência

Diminuir gordura localizada, celulite, flacidez facial, rugas linhas de expressão, poros dilatados e também ter um lifiting instantâneo, e tudo isso sem dor, é um sonho! Mas ele pode se tornar realidade com o tratamento realizado com a Criofrequência, que combina frio e calor e pode ser feito em praticamente todas as partes do corpo. Devido aos rápidos resultados, é perfeito para aqueles que estão em busca do corpoideal para o verão.

A esteticista da clínica Mais que Pele Erica Sousa, revela que, em mais ou menos oito sessões, já é possível ver os resultados. “Mas isso varia de pessoa para pessoa e do nível de flacidez ou gordura localizada que ela possui”, explica a profissional.

Leia Também: Conheça os 9 procedimentos mais realizados pelos cirurgiões plásticos no Brasil

Soda Pop: Mas a final, como funciona a Criofrequência?
Erica Sousa: A criofrequência é feita com um aparelho que possui duas funções: o frio e o calor. Ela trabalha simultaneamente a radiofrequência, e oferece, através da corrente eletromagnética, o aquecimento do tecido de dentro para fora, retraindo o colágeno e ajudando na ativação de novas fibras. O frio, por sua vez, esfria a epiderme e ajuda a controlar a temperatura externa para que não haja lesão ao tecido.

De acordo com a profissional, o encontro dessas duas temperaturas faz com que o tecido sofra um choque térmico que tem por resultado a diminuição de gordura localizada e flacidez.

SP: O Tratamento dói?
ES: Essa é a dúvida de muitos, porém a esteticista ressalta que a criofrequência é indolor.

SP: Há alguma contraindicação?
ES: Sim. De acordo com Erica, o tratamento não deve ser feito em gestantes, pessoas com marca-passo, nem em pacientes com câncer, imunodepressivos e com infecções no organismo.

Leia Também: Saiba quais cirurgias plásticas são as melhores para se fazer no inverno

SP: Qual o período entre uma sessão e outra?
ES: O intervalo entre as sessões depende do objetivo do tratamento, revela a esteticista. “Para flacidez, costuma-se dar o intervalo de 15 dias; para gordura e celulite, pode-se fazer de 1 a 2x na semana”, explica.

SP: Há algum cuidado pós-sessão?
Erica revela que não há nenhum cuidado específico após o tratamento, mas recomenda-se a prática de atividade física pra potencializar os resultados e o uso de cosméticos de qualidade para manter a pele integra e ajudar no tratamento.

SP: Em quais áreas do corpo ela pode ser feita?
ES: A criofrequência pode ser feita em diversas partes do corpo, as mais comuns são: abdômen, coxas, glúteos, mas também é feita em braços, francos, culote, papada e até na região íntima para rejuvenescimento, finaliza a esteticista.

Deixe seu comentário!

Andy Santana

CEO do Soda Pop, fotógrafo, inquieto, formado em moda e que ama música. Não exatamente nesta mesma ordem!

Andy Santana has 5541 posts and counting. See all posts by Andy Santana

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: