#Show: Cantora trans angolana Titica faz show no Sesc Pompéia

 cantora, compositora, dançarina e atriz angolana Titica se apresenta no “Projeto  Britadeira – Sons de Favela”, no Sesc Pompéia em São Paulo. Acompanhada por seus bailarinos, a cantora promete animar e fazer o público dançar ao som de grandes sucessos do seu repertorio, tais como: ‘Pra Que Julgar’, ‘Reza Madame’‘Procura o Brinco’‘Me Beija Só Na Boca’, ‘Olha o Boneco’, ‘Mãe’, entre outros já conhecidos pelos fãs brasileiros.

Titica é uma artista africana, trans e que já é chamada de Pabllo Vittar de Angola. A moça é conhecida como a rainhado Kuduro – um ritmo que nasceu nos guetos de Luanda com referências que vem do rap, funk, house, da música eletrônica e ritmos locais.

A cantora que diz ter sido a primeira artista de Angola a assumir sua transexualidade – aos 17 anos – já foi embaixadora da ONUSIDA Angola, eleita a trans mais influente da África, chegou a ser, inclusive,  citada como referência por Björk, por ser a trans mais influente do continente africano.

Serviço:
Britadeira – Sons de Favela
Local: Sesc Pompéia
Endereço: Rua Clélia, 93 – Pompéia
Dia: 21 de abril de 2018 (sábado)
Horário: 21h30min
Preços: R$12,00 (credencial plena/trabalhador no comércio e serviços matriculado no Sesc e dependentes) / R$40,00 (inteira) / R$20,00 (meia entrada)
Faixa etária: 18 anos

Deixe seu comentário!

Andy Santana

CEO do Soda Pop, fotógrafo, inquieto, formado em moda e que ama música. Não exatamente nesta mesma ordem!

Andy Santana has 5351 posts and counting. See all posts by Andy Santana

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: