#Teatro: “A Grande Obra de arte da pós recessão” segue em cartaz no Rio de Janeiro

Até que ponto o ser humano é capaz de se adaptar a situações de extrema miséria e terror, além de extrapolar seus códigos comportamentais, em um ambiente de absoluta devastação social? Essa é a questão central da trama de “A Grande obra de arte da pós recessão”, em cartaz no Teatro Serrador, Centro do Rio. Unindo códigos da comédia de costumes e do Grand Guignol, o novo espetáculo do grupo “Os PataPhísicos”, fica em cartaz até o dia 28 de julho com sessões de quinta a sábado, às 19h30.

A Grande Obra de Arte da Pós Recessão (Foto: Conrado Krivochein)

“A Grande obra de arte da pós recessão” tem em seu elenco Dani Carvalho, Edson Santiago, Henrique Trés, Raphael Janeiro e Éder Montalvão, convidado pelo grupo para integrar o elenco do espetáculo. “O contexto no qual se insere a narrativa é de uma “hipotética” e severa recessão nos meios de produção, que limita as possibilidades de obtenção de comida. Os mercados não vendem mais alimentos. As indústrias nada produzem. O cenário é o apartamento de um casal, no qual trabalha um mordomo” – diz o diretor.

O novo espetáculo é dividido em dois atos, estruturados a partir de códigos teatrais distintos. Utiliza-se técnicas dramatúrgicas e cênicas da Comédia de Costumes e do teatro do Grand Guinol, que dialogam com o ambiente desolador e tragicômico.

Serviço:
A Grande Obra de Arte da Pós Recessão
Temporada: até 28 de julho
De quinta a sábado, às 19h30.
Duração: 75 minutos
Ingressos: Inteira – R$40,00 e Meia – R$20,00
Teatro Serrador
R. Sen. Dantas, 13 – Centro, Rio de Janeiro – RJ
Tel: (21) 2220-5033
Lotação: 276 lugares

Deixe seu comentário!

Andy Santana

CEO do Soda Pop, fotógrafo, inquieto, formado em moda e que ama música. Não exatamente nesta mesma ordem!

Andy Santana has 2425 posts and counting. See all posts by Andy Santana

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: