#Teatro: “Bolhas” discute a relação entre mãe pastora evangélica e filho homossexual

As distâncias geográfica, cultural, intelectual e espiritual existentes entre uma mãe fundamentalista religiosa e um filho que pertence à comunidade LGBTQUIA+ são temas de “Bolhas”, com texto e direção de Haroldo França.

O espetáculo estreia dia 13 de setembro na SP Escola de Teatro – Sede Roosevelt, Sala Hilda Hilst. As apresentações seguem até 14 de outubro e acontecem às sextas, aos sábados e às segundas-feiras, às 21h, e aos domingos, às 19h.

Leia Também: ‘Cazuza – Pro Dia Nascer Feliz’ faz curtíssima temporada no Rio

A trama aborda as tensões e expectativas de uma mãe e seu único filho, que vivem em cidades distintas e planejam se reencontrar depois de muito tempo sem se ver. Ela é uma pastora evangélica de pensamento fundamentalista e ele é homossexual e está em processo de rompimento com a igreja. Mãe e filho se amam na mesma medida em que se machucam.

A peça foi escrita em 2017, no Núcleo de Dramaturgia SESI – British Council, ocasião em que ganhou a primeira direção de Vinícius Calderoni. Desde então, o texto tem passado por um longo processo de reescrita.

Serviço:
Bolhas
SP Escola de Teatro – Sede Roosevelt – Sala Hilda Hilst – Praça Roosevelt, 210, Centro
Temporada: 13 de setembro a 14 de outubro
Às sextas, aos sábados e às segundas-feiras, às 21h, e aos domingos, às 19h
Ingressos: R$ 30 (inteira) e R$15 (meia-entrada e classe artística)*
*Pagamento em dinheiro ou cartão de débito
Venda online: https://www.sympla.com.br/espetaculo-bolhas__620049
Classificação: 12 anos
Duração: 80 minutos
Informações: (11) 3775-8600

Deixe seu comentário!

Andy Santana

CEO do Soda Pop, fotógrafo, inquieto, formado em moda e que ama música. Não exatamente nesta mesma ordem!

Andy Santana has 5209 posts and counting. See all posts by Andy Santana

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: