#Teatro: Bruta Flor encerra temporada e se despede de São Paulo

Bruta Flor tem texto original de Vitor de Oliveira e Carlos Fernando de Barros, com adaptação e direção de Márcio Rosario. O espetáculo tem trilha sonora montada por Cida Moreira e desenho de luz de Gabriel Greghi e já foi visto por mais de doze mil pessoas. “Mesmo sem leis de incentivo, continuamos a fazer nosso trabalho com a grande parceria de apoiadores culturais, e estamos felizes de encerrar mais uma temporada de sucesso“, comenta o produtor executivo Daniel Chiarelli.

Bruta Flor (Foto: Victor Iemini)

Nessa nova montagem, o elenco é diversificado, corajoso e que trazem suas histórias pessoais como referências para ajudar a contar a narrativa com mais propriedade e ter uma atriz transgênero (Carol Marra) ao papel da mulher reprimida, grávida e que sofre violência doméstica em um relacionamento abusivo pelo personagem que não se aceita homossexual traz uma originalidade e diferencial em Bruta Flor.

Bruta Flor aborda o relacionamento de dois homens, Lucas (André Pottes) e Miguel (Fernando Zilli), que se encontram presos em um lugar desconhecido e que começam a relembrar a trajetória deles, a relação vai ganhando contornos dramáticos, envolvendo a aceitação da homossexualidade de um deles, com um final surpreendente e emocionante, Bruta Flor tem emocionado plateia de diferentes idades durante sua trajetória.

Serviço:
Última apresentação: Dia 27 de Junho – Quartas – 21 horas
Local: Teatro da União Cultural
Endereço: Rua Mário Amaral, 209 – Jardins – São Paulo – 04001-001
(600 metros do Metrô Brigadeiro)
Telefone: (11) 2148-2923
Censura: 16 anos – Cenas de Sexo, Nudez e Violência Doméstica
Temática: LGBT
Ingressos a venda na bilheteria do Teatro:
70,00 (inteira) e 35,00 (meia entrada).
30,00 (Classe Teatral com Comprovante).
20,00 (ONGS com venda mínima de 50 ingressos).

Deixe seu comentário!

Andy Santana

CEO do Soda Pop, fotógrafo, inquieto, formado em moda e que ama música. Não exatamente nesta mesma ordem!

Andy Santana has 4541 posts and counting. See all posts by Andy Santana

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: