#Teatro: Cobra na Geladeira, estreia em agosto no CCSP

Dezoito anos depois de traduzir, produzir e atuar na montagem paulista da peça Pobre Super Homem, do canadense Brad Fraser, o ator e diretor Marco Antônio Pâmio – vencedor do prêmio APCA 2014 pela direção da peça Assim É (Se lhe parece) – volta a montar uma obra desse dramaturgo no mesmo palco. Trata-se de Cobra na Geladeira, que estreia na Sala Jardel Filho do Centro Cultural São Paulo (CCSP), no dia 3 de agosto. Em cartaz até 16 de setembro, o espetáculo tem sessões às sextas e aos sábados, às 21h, e aos domingos, às 20h.

Inédito no Brasil, o texto relata a vida e relações de nove personagens, a maioria deles vivendo em uma casa antiga e misteriosa caindo aos pedaços, que serve como república. Produto do mundo contemporâneo, brutalmente desumanizado e dominado pelo consumismo, eles beiram o universo da vida noturna e da indústria do sexo, através de comportamentos insanos e descontrolados.

Cobra na Geladeira (Foto: Gal Oppido)

A partir de temas como o consumismo descontrolado, a dependência química, a autocobrança dos jovens para corresponder às exigências sociais, o uso da internet na propagação de conteúdo adulto, o racismo, o abuso sexual, entre outros, o texto traça um panorama ácido e ao mesmo tempo bem-humorado sobre a sociedade contemporânea e seus valores em transformação.

Serviço:
Cobra na Geladeira, de Brad Fraser
Centro Cultural São Paulo – Sala Jardel Filho – Rua Vergueiro, 1000, Liberdade.
Temporada: de 3 de agosto a 16 de setembro
Às sextas e aos sábados, às 21h, e aos domingos, às 20h
Ingressos: R$30,00 (inteira) e R$15,00 (meia-entrada)
Classificação: 16 anos
Duração: 100 minutos

Deixe seu comentário!

Andy Santana

CEO do Soda Pop, fotógrafo, inquieto, formado em moda e que ama música. Não exatamente nesta mesma ordem!

Andy Santana has 2591 posts and counting. See all posts by Andy Santana

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: