#Teatro: “Solano, Vento Forte Africano” ganha nova temporada no Rio

Após temporada de sucesso no Teatro Dulcina, o espetáculo”Solano, Vento Forte Africano” firma temporada na Casa de Mysterios, na Gamboa, de 6ª a domingo a partir do dia 25 de outubro. Antes disso, porém, faz duas apresentações especiais no dia 20 de outubro dentro da programação da FLUP – Festa Literária das Periferias, que tem Solano Trindade como homenageado desta edição.

Apresentando a faceta humana, artística e política do artista pernambucano, que em cena é personificado pelo ator Val Perré, a montagem é dirigida por Geovana Pires e refaz a trajetória de Solano, que atuou como poeta, cineasta, ativista político, ator de cinema, artista plástico, pesquisador de culturas populares e fundador de vários movimentos negros no país, como o Teatro Popular Brasileiro, Centro de Cultura Afro-Brasileiro e a Frente Negra Pernambucana. 

Leia Também: O Infantil, A Gaiola estreia no Dia das Crianças temporada carioca

Uma característica importante desta montagem é que, embora não seja uma companhia, seu elenco atua nestes moldes: 80% da equipe atua em duas frentes, como é o caso de Damiana Inês, que assina a produção e está em cena como Ruth de Souza, e a produtora musical Beà, que substitui no palco a percussionista Regina Café. 

Serviço:
Apresentação Especial:
20 de outubro – reestreia na FLUP com sessão dupla                                                   
Casa de Mysterios:  1ª sessão – 16h / 2ª sessão – 19h

Temporada:
25 de outubro a 1º de dezembro 
Sexta-feira e sábado – 20h / Domingo – 19h
Local: Casa de Mysterios
Rua Pedro Ernesto, 21 – Gamboa
Tel.: (21) 2252-4103
Ingressos:
R$ 40 (inteira)
R$ 20 (meia-entrada)
R$ 10 (moradores da Zona Portuária e arredores apresentando comprovante de residência)
Duração: 90 minutos
Classificação Indicativa: 12 anos
Gênero: Documental

Deixe seu comentário!

Andy Santana

CEO do Soda Pop, fotógrafo, inquieto, formado em moda e que ama música. Não exatamente nesta mesma ordem!

Andy Santana has 6702 posts and counting. See all posts by Andy Santana

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: