#Teatro: ‘Villa’ com direção de Diego Moschkovich reestreia e diretor conta sobre sua relação com o autor Guillermo Calderón

A memória coletiva sobre a Ditadura Militar no Chile (1973-1990) é tema de Villa, do premiado dramaturgo e diretor chileno Guillermo Calderón, que estreou em 2018 no Sesc Pinheiros.

A peça volta em cartaz para curtas temporadas no Espaço 28, entre 17 de agosto e 8 de setembro; e no Teatro Arthur Azevedo, de 13 de setembro a 6 de outubro. O espetáculo tem direção de Diego Moschkovich e elenco formado por Flávia Strongolli, Rita Pisano e Angela Ribeiro.

Na trama, três mulheres avaliam diferentes propostas sobre o que fazer com a Villa Grimaldi, um dos mais famosos centros de tortura e extermínio na ditadura do chileno Augusto Pinochet (1915-2006). Em torno de uma mesa, elas discutem dilemas atuais de organizações de direitos humanos e o presente dos espaços ligados à violência do Estado.

Leia Também: Francesco, com Paulinho Goulart faz temporada no Teatro do CCBB

O texto fala sobre os espaços de memória, aquilo que escolhemos como memória e o que aprendemos como memória coletiva de um povo; sobre como são feitas as edições que geram a História; e por quem a nossa história coletiva vem sendo construída, lembrada e contada.

Diego Moschkovich revelou sua relação com o autor Guillermo Calderón e também uma possível parceria inédita: “Conheci o trabalho de Guillermo Calderón através da dramaturgia. O descobri quando pesquisava dramaturgia latino-americana contemporânea com o grupo que depois montaria “Dezembro” e “Neva”. A precisão política e o jogo cênico que a estrutura de ação de Calderón proporciona são muito boas, e isso faz com que as peças permaneçam atuais. Veja, em “Dezembro”, que é de 2009, se não me engano, ele previa uma escalada de autoritarismo na América Latina para 2020. É fantástico. Quero muito que ele veja alguma das montagens, o que ainda não aconteceu. O próximo projeto, que está em negociação, é que ele escreva um texto inédito para o Brasil. Vamos ver.”

Serviço:
Espaço 28
Rua Dr. Bacelar, 1219, Vila Clementino
Temporada: 17 de agosto a 8 de setembro
Aos sábados, às 21h, e aos domingos, às 20h
Ingressos: R$30 (inteira) e R$15 (meia-entrada)
Capacidade: 40 lugares
Duração: 60 minutos
Classificação: livre

Teatro Arthur Azevedo
Sala Multiuso – Av. Paes de Barros, 955 – Mooca
Temporada: 13 de setembro a 6 de outubro
Às sextas e aos sábados, às 21h, e aos domingos, às 19h
Ingressos: R$30 (inteira) e R$15 (meia-entrada)
Capacidade: 40 lugares
Duração: 60 minutos
Classificação: livre
Informações: (11) 2604-5558  

Deixe seu comentário!

Andy Santana

CEO do Soda Pop, fotógrafo, inquieto, formado em moda e que ama música. Não exatamente nesta mesma ordem!

Andy Santana has 6687 posts and counting. See all posts by Andy Santana

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: