Brincando com Fogo 2, perde a chama da primeira temporada

A primeira temporada de “Brincando com Fogo” foi um tremendo sucesso, principalmente por ter sido lançada no início do isolamento social, por conta da pandemia de coronavírus. Em diversos países a produção liderou o TOP 10 da Netflix, logo, a empresa de streaming apostou na segunda temporada e imaginou que causaria o mesmo sucesso, grande engano.

Mesmo com um elenco com corpos esculturais e muito fogo para queimar, a segunda temporada não gera empatia com os participantes e tenta mudar as regras para atrair o público à acompanhar os 10 episódios. Desta vez, apenas um concorrente levará o grande prêmio final. As regras são as mesmas, durante o retiro eles devem se despir dos erros passados e das tentações sexuais para conseguir encontrar o sentimento puro do amor. A cada regra violada, punições com perca de dinheiro é descontada do prêmio final.

Leia Também: Hugo Bonemer e Hugo Kerth estrelam curta musical, “By The Time You Left”

No último episódio os participantes devem escolher quem merece levar o valor acumulado. Com o resultado definido, muitos fãs do reality show não gostaram de quem acabou garantindo a bolada em dólares. A versão brasileira está prevista para chegar ao streaming no próximo dia 21 de julho, e a pergunta é: será que vai conseguir empolgar o público ou se tornará mais uma cópia do formato original?

Deixe seu comentário!

Andy Santana

CEO do Soda Pop, fotógrafo, inquieto, formado em moda e que ama música. Não exatamente nesta mesma ordem!

Andy Santana has 7809 posts and counting. See all posts by Andy Santana

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: