“E aí, Vamos Pegar Uma Onda?”

*Por Thiago Elmor

A cultura do cancelamento domina as redes sociais faz tempo, pessoas, entusiasta, fãs e até mesmo personalidades públicas se unem julgando e tripudiando outras pessoas públicas nas redes. O comportamento parte do pressuposto de que o autor dos ataques é perfeito e uma pessoa que não comete erros, ainda que esteja atacando outras pessoas. Por vezes, o cancelamento ocorre por achismos por parte do público; mas na maioria das vezes, o cancelamento ocorre porque o artista não atingiu as expectativas do público ou cometeu algum ato grave.

Ao longo do último mês, famosos cancelados se utilizaram da euforia do BBB e promoveram cancelamento em suas redes para limparem a própria imagem. Karol Conká foi o nome mais comentado desde o início do Big Brother Brasil 21. Tendo iniciado a jornada no programa como uma das favoritas, o caminho por ela percorrido de combate, ataques e estratégias, além de dissuasão da realidade fez com que ela se tornasse a participante mais rejeitada da história do programa – eliminada com 99,17% dos mais de 200 milhões de votos.

Leia Também: Karol Conká, a cancelada da vez

Artistas e famosos não pouparam comentários desde que a participante entrou na casa mais vigiada do Brasil. Seu modo de tratar outros participantes deixou o Brasil em choque, e obviamente, que alguns desses artistas se usaram do cancelamento da Conká como plataforma de autopromoção. Muitas vezes os artistas se retratam e o público perdoa, em outras seus atos são graves e ainda que fãs “perdoem” o público em massa não perdoa. Neste momento só cabe a esses um ato de salvação: cancelar outro artista. No momento que entram na onda do cancelamento acompanhando o comportamento da massa, esses artistas se aproveitam de momentos de ‘verdade’ e ‘apoio’ pelas palavras que proferem para que o público concorde com o posicionamento que adotem e voltem a apoiar a postura deles.

Veja quem foram os famosos que surfaram na maior onda de cancelamento do Brasil e atacaram Karol Conká na tentativa de reconquistar o apoio do público – o mesmo que o cancelou – e “limparem seu nome”:

Leia Também: NR empresa que cuida da imagem de Neymar Jr. emite nota de esclarecimento

NEYMAR JR.
Ignorando a atual pandemia que o mundo enfrenta, Neymar Jr., jogador do PSG, programou um Réveillon daqueles em sua mansão em Manguaratiba. O assunto repercutiu no Brasil e no mundo por dias. Neymar, teria programado dias consecutivos de festa. O Ministério Público do RJ o notificou após reclamações da festa que ocorreu em sua mansão que contou com cerca de 150 participantes segundo a produção da festa. Neymar alugou a mansão ao lado para fazer uma festa paralela, que contou com show de Alexandre Pires, em que era proibido o uso de celular, mas alguns vídeo vazaram e causou revolta na população.

Na mesma medida em que a pandemia deixou de ser o principal assunto do Brasil, tornando-se o BBB 21 e Karol Conká, Neymar JR. surfou nessa onda para limpar seu nome desviando o foco de si. O jogador não poupou críticas à cantora, Neymar publicou “Oxe… Só rindo mesmo dessa mulher! Que mulher Nojenta. Alguém aí por favor manda ela pro car%l&@.

(Reprodução / Twitter)

Para a eliminação nessa terça-feira, organizou como outros famosos, mutirão para eliminar a cantora: “Bom dia…. já acordei com boa notícia! Karol Conká no paredão. Será que temos um novo recorde? Eu acho que dá hein, bora meu povo …. MUTIRÃO”, escreveu ele em seu Twitter. Quando a participante foi eliminada comemorou junto ao Brasil. Agora tenta frear o ódio que ajudou a incitar, publicou em seu perfil no Twitter: “Galerinha, vamos combinar uma coisa … Karol conka vai sair com a maior % do BBB e depois disso nós vamos deixar a coleguinha em paz, viver a sua vida outra vez… fechou? Não precisamos levar o jogo que ela jogou no bbb pra vida aqui fora, isso não é justo!

Seria o pedido de deixar o “coleguinha em paz, viver a sua vida outra vez”, de fato, sobre a Karol ou seria um pedido para si também?

Leia Também: Carlinhos Maia filma marido na privada e mostra demais

CARLINHOS MAIA
Carlinhos Maia brincou em entrevista à Táta Werneck, no Lady Night, que é mais cancelado que a cantora Anitta. Pois é… Carlinhos Maia aparece com frequência entre os cancelados nas redes sociais. Seu cancelamento mais recente se deu no período de festas de fim de ano. No período, Carlinhos Maia ignorou a pandemia e medidas sanitárias e promoveu uma “festa de arromba” que contava com familiares e personalidades do entretenimento. Carlinhos Maia se defendeu argumentando que adotou medidas sanitária (que aparentemente não incluía o isolamento social) e que era um setor parado, que não poupava esforços em dar suporte ao meio artístico. Dentre os convidados, se encontrava Pyong Lee, youtuber e ex- BBB.

Além do último cancelamento que sofreu em razão da festança, o próprio Carlinhos reiterou: “Já fui cancelado umas 10 vezes. A maioria delas foi pelo meu público mesmo, o público LGBT. Porque eu não beijei no meu casamento, porque eu não falo sobre minha condição sexual. Na verdade, muitas delas eu achei grande bobagem. O cancelamento existe quando você consome aquilo. As pessoas que me cancelaram, me consumiram, então não parei de crescer em nenhum momento. Não considero um cancelamento real“.

Durante um bate papo no programa Resenha Proibidona, da Rádio FM O Dia, o influencer deu sua opinião sobre Karol Conká no BBB 21, disse que não acha que ela seja uma pessoa ruim: “Uma menina mimada querendo mostrar para o mundo que é poderosa, que está pegando o gato. Muitas vezes, eu vejo ela muito mais infantil do que propriamente como uma pessoa ruim, espero eu”.

Nesta última terça-feira (23), dia da eliminação de Karol Conká, tentou demonstrar empatia: “Gente não tô passando pano!!! Mas me preocupa muito o pós Karol, da família dela também. Quando o jogo acabar, manerem de verdade”, pediu.

Leia Também: Após polêmicas e vaias, Nego do Borel adia gravação de DVD

NEGO DO BOREL
Constantemente envolvido em polêmicas, Nego do Borel, teve seu último cancelamento dado após as acusações de abuso feitas pela sua ex-noiva, que o acusou de ameaças, traição, de tê-la dopado com remédios e sofrido desmoralização. Duda Reis registrou um boletim de ocorrência sobre o cantor por lesão corporal, estupro de vulnerável, ameaça, injúria e violência doméstica; ele nega as alegações.

Como o passado pode sempre vir à tona, e, em meio a polêmicas envolvendo a ex-noiva, Nego do Borel, que já havia sido acusado de ser transfóbico por comentário feito no Instagram contra Luisa Marilac, influencer travesti, em 2019, que gerou polêmica nas redes, mais uma vez teve o adjetivo atribuído à sua pessoa. Karol contou o público no dia 27/01/21, em papo na cozinha do BBB, a rapper disse que certa vez teria tido um encontro com alfinetadas com Borel.

Ele chegou e perguntou se eu sou ‘igual a essa galera estranha, esse povo aí, você é homem ou mulher, não porque eu não sei né’. Aí sabe, você tem que tratar o escroto com escrotidão, né? Aí eu falei: ‘dá a mãozinha aqui e sinta o vaginão‘”, contou Karol.

Aproveitando o reacender da acusação de transfobia, Nego do Borel, se aproveitou para demonstrar ter tomado consciência sobre questões, conceitos e condições do meio LGBTQIAP+. Ele criticou a rapper dizendo ter distorcido como o evento, de fato, teria ocorrido e tentou se mostrar consciente: “Realmente aconteceu este episódio, mas não exatamente como foi contado. Na época eu ainda não conhecia a Karol e, quando houve a pergunta, foi no sentido de querer saber como ela gostaria de ser tratada, já que ela estava usando um figurino com estilo drag. Ela respondeu que era menina, e apenas isso. Pedi desculpa pela pergunta e pareceu que conversa terminou ali. Me admirei muito com o vídeo, até por não entender ela contar a história daquele jeito dentro do BBB. Não houve em nenhum momento a questão do ‘vaginão’, que é até a parte que mais me espanta quando vindo de uma pessoa tão militante. Venho tentando me desconstruir e dentro do que aprendi até aqui, entendi que uma mulher não precisa ter vagina para ser mulher. Ela precisa se identificar como mulher. É mais uma questão de identificação de gênero do que de corpo. Mas se isso ofendeu ela dessa forma que ela demonstrou agora, eu peço novamente desculpas. Não foi mesmo a intenção!

MATHEUS MAZZAFERA
O mais recente cancelamento do youTuber Matheus Mazzafera foi por preconceito e racismo. Em entrevista com o influencer e modelo Gustavo Rocha, que recentemente anunciou ao público ser gay, em seu canal ambos disseram que sentem atração por “malocas” apenas para ficar e não para um relacionamento sério, ou seja, não servem para namorar. Gustavo Rocha ainda acrescenta: “Maloca, tatuado. Quanto mais estragado for, melhor. Para namorar, não. Mas o que eu sinto atração mesmo são sempre os maloca tatuado”.

O discurso foi interpretado preconceito dentro do próprio meio LGBT. Em entrevista, eles fazem referencia ao estereótipo do cafuzo, o negro/mulato que serve de para satisfação sexual, como objeto, mas que não serve para ser exibido publicamente como alguém com quem se possa ter relação afetiva. Gustavo Rocha acrescentou que “quanto mais estragado for, melhor”, a declaração foi recebida ao risos por Matheus Mazzafera. Ambos se retrataram e pediram desculpas publicamente, contudo, nem todos os ‘descancelaram’.

Desde que o BBB começou, Matheus Mazzafera faz diversos comentários e vídeos sobre o programa, defende o G3, composto por Gil, Juliette e Sarah, e critica outros participantes. Diversos comentários ácidos sobre a participação de Karol Conká no BBB, em seu perfil no Twitter escreveu: “Ficou CHOCADO com a fala da Karol. Fico ate com medo de replicar aqui….. que ABSURDO !!!

Fica a dúvida se de fato ele teria receio de publicar alguma fala da participante já que fez divulgação de fake news sobre o participante Projota, em que mostra uma montagem do cantor segurando uma faca ao se despedir do participante Lucas Penteado.

A assessoria de Projota se manifestou dizendo ter tomado conhecimento sobre o conteúdo divulgado pelo influenciador, a equipe responsável pelas redes sociais do artista se pronunciou por meio do Twitter: “Essa situação que o Matheus cita no vídeo NUNCA aconteceu. Já acionamos os nossos advogados, pois essa acusação é gravíssima. Ainda mais vindo de uma pessoa pública que alcança milhões de pessoas nas redes sociais. Aguardamos retratação, @matmazzafera.

Matheus se retratou no Twitter, ele escreveu: “Eu ouvi um áudio do Projota. No dia seguinte vi uma foto dele com uma faca na mão abraçando o Lucas. Eu acreditei na foto e cai na fake news! Essa foto é FAKE. O Projota não abraçou o Lucas com a faca na mão“.

Leia Também: Ludmilla distribui shade em “Cobra Venenosa”

LUDMILLA
Assim como todos os famosos de grande público Ludmilla é alvo de cancelamentos e críticas na Internet. Em 2020 se envolveu em polêmicas e ‘treta’, expôs conversas entre Anitta e ela, não poupou crítica e até música para cancelamento da Anitta compôs, parte do público não gostou e a cancelou pois, não apenas questões entre elas foram expostas, Ludmilla expôs conversas privadas sobre outros famosos com Veveta e Preta Gil.

Em 2019, Ludmilla e Lexa foram contratadas para fazer um show em festa do ditador da Guiné-Equatorial Teodoro Obiang Mangue. Ludmilla na época exaltou o ditador e não poupou elogios: “A vida é uma loucura, né? Eu nem imaginei que teria passaporte, para começar, e segundo que teria vários carimbos internacionais dele. Hoje, mais uma vez, estou saindo do meu país para fazer o que eu amo que é cantar. Hoje a gente está indo para a África cantar no aniversário do príncipe da Guiné. Estou muito feliz. Minha mãe está indo com a gente. O cara é… muito f***. Ele fretou um voo internacional para a gente ir pra lá quebrar tudo“.

(Reprodução / Twitter)

Contudo, o ditador é o 8º líder mais rico do mundo segundo a Forbes, no entanto muitos analistas políticos consideram o seu regime um dos mais corruptos, etno-cêntricos, opressivos e não democráticos do mundo. O público e famosos fizeram críticas ao apoio e elogios à um regime totalitário por parte de Ludmilla e ela foi cancelada. Na ocasião, Karol Conká, foi uma das personalidades entre famosos que não à cancelou – este fato foi recordado pela própria assessoria da Karol enquanto criticava as críticas pesadas que a cantora recebia nas redes enquanto estava na casa do BBB.

Assim como outros, a cantora Ludmilla não poupou críticas à participação e comportamento de Karol Conká no programa. Escreveu em seu perfil no Twitter: “A Karol com k teve a audácia de perguntar onde estava Deus o amigo do Lucas??? Mano quando ela for pro paredão eu faço questão de fazer um mutirão pra ela sair, quem topa?

Com a eliminação da cantora, Ludmilla, publicou no Twitter: “Gente, Karol eliminada com 99.17%, já criticamos o jogo que ela fez lá dentro, brincamos e zoamos, a partir de agora ela precisa seguir a vida dela. Jogo é jogo, entretenimento, vida real é outra história. Que ela assista tudo e use isso em benefício próprio. Sejam humanos!

Leia Também: Descubra quem são os ex-BBBs mais e menos seguidos no Instagram

FLAY
A cantora, Flayslane , foi cancelada enquanto ainda estava no BBB ao protagonizar discussão com Rafa Kaliman. Na ocasião a fala de Rafa repercutiu na Internet e ainda hoje é tratado como meme/bordão: “Não gosto de você, não sinto verdade em você, acho você sim incoerente, você está onde te convém. em todos seus: jeitos, falas, andados, posicionamentos e etc. acho você uma falsa, acho você extremamente sem educação, extremamente grossa com as pessoas e extremamente soberba.

(Reprodução / Twitter)

Flay se aproveitou das acusações de xenofobia contra a rapper para melhorar sua imagem, ela comenta: “Nojo desse papo de discriminação com a cultura do nordeste, me dá ânsia de tanto nojo, nós somos calorosos, gostamos do contato, somos expressivos, somos alegres e espalhafatosos sim, mas isso não significa que no nosso lugar a gente não aprende a ter educação e respeito”.

Leia Também: Rodolffo do BBB 21 tem foto íntima vazada

NEGO DI
Nem é preciso comentar o cancelamento dele. 98,76% é o percentual de rejeição de Nego Di. Arquitetou complôs no BBB 21 e saiu recordista, tendo esse recorde batido apenas por Karol Conká. Como ele mesmo disse no programa, é “machista, homofóbico, racista e gordofóbico” e diz querer mudar. Vetou o companheiro da prova do líder, Lucas Penteado, a maior rasteira já dada no programa, criticou a pessoa de Mariele Franco, criou intrigas, fez e aconteceu.

Nego Di vem dizendo desde que saiu da casa mais vigiada do Brasil que foi manipulado e usado por Karol Conká, numa tentativa desesperada de desassociar a imagem negativa que conquistou do público de si e lançar sobre Karol Conká. Enquanto ele diz ter sido “usado” e “manipulado”, a gente ri – finalmente vimos o lado humorista do brother.

Deixe seu comentário!

Andy Santana

CEO do Soda Pop, fotógrafo, inquieto, formado em moda e que ama música. Não exatamente nesta mesma ordem!

Andy Santana has 7812 posts and counting. See all posts by Andy Santana

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: