Crítica: Segunda temporada de “Special” é mais especial ainda

Ryan O’Connell está de volta com a segunda temporada de “Special”. Abordando relacionamentos mais complexos, a série se encaminha para o fim de ciclos. Novas experiências, acidentes divertidos e duros aprendizados se desenvolvem em 8 episódios de quase 30 minutos cada.

Ryan está descobrindo novos relacionamentos amorosos e sexuais, o protagonista chega a se questionar sobre como é tratado, tanto como namorado quanto na cama. No trabalho, os abusos continuam por parte da sua chefe, que consegue finalmente dá um sentido à sua vida.

Sua amiga Kim Laghari (Punam Patel), está com grandes problemas financeiros e familiares e ah! amorosos também. Aliás, amor, família e dinheiro às vezes não é uma boa combinação. Mas ela consegue boas alternativas, para todos os problemas.

Leia Também: Saiba quais são os personagens de “Casamento às Cegas” mais seguidos no Instagram

Já a mãe do Ryan, Karen Hayes (Jessica Hecht) precisa aprender a enfrentar os fins e seguir em frente, mesmo que isso seja ser mais independente e em alguns casos egoísta, pois a vida segue seu curso. A briga com o filho, o ex namorado e a mãe, são grandes desafios que ela necessita passar, e some a isso tudo, conhecer a rival – a atual do seu ex, o namorado do filho e reencontrar uma louca amiga.

Dramas garantidos, comédia na medida certa e reflexões não faltarão nesta temporada em que Ryan Hayes se despende de seus fãs e segue seu caminho natural da vida adulta. Sentiremos saudades.

Deixe seu comentário!

Andy Santana

CEO do Soda Pop, fotógrafo, inquieto, formado em moda e que ama música. Não exatamente nesta mesma ordem!

Andy Santana has 7845 posts and counting. See all posts by Andy Santana

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: