Domingos Montagner ganha homenagem através de biografia

Atendente de bar, assistente de almoxarifado, jogador de handebol, professor de educação física, cenógrafo, trapezista… Domingos Montagner trilhou um caminho improvável até chegar à televisão aos 46 anos. Mas entre as muitas atividades que exerceu, nada lhe dava mais orgulho do que ser palhaço e ter o circo como seu palco principal.

Escrita pelo jornalista Oswaldo Carvalho, a biografia Domingos Montagner – O espetáculo não para (Editora Máquina de Livros) narra a trajetória de Domingos desde a infância no Tatuapé, em São Paulo, até se consagrar como um dos maiores atores brasileiros deste século.

Leia Também: Cantora Day Limns anuncia lançamento de seu primeiro romance

A história de Domingos se confunde com o renascimento do circo no Brasil entre o fim dos anos 1980 e os 1990. Oswaldo traz o leitor para o dia a dia de Mingo – como era chamado na infância – e sua inquietação até descobrir o mundo artístico. As primeiras experiências no teatro amador, o talento para criar e manipular bonecos, as aulas na Circo Escola Picadeiro, as dificuldades enfrentadas como artista de rua e as viagens pelo mundo em festivais, tudo é contado em detalhes, recheado de diálogos, situações inusitadas e episódios nunca revelados.

Oswaldo também reconstrói histórias do cinema e da TV, quando Domingos se tornou pivô de disputas ferrenhas entre diretores, ao mesmo tempo em que encantava colegas pela humildade e generosidade num meio habituado a estrelismos. Sua morte no Rio São Francisco, nos últimos dias de gravações de “Velho Chico”, em que interpretava o protagonista da trama, chocou e comoveu o país.

Leia Também: Resenha: O livro do Jô – Uma autografia desautorizada, Volume 1

O espetáculo não para foi escrito a partir de vasta pesquisa documental e de entrevistas com mais de 80 parentes, amigos, artistas, diretores e profissionais que participaram de todas as fases da carreira de Domingos. Desde o inseparável parceiro Fernando Sampaio e o saudoso Luiz Gustavo (que fez um texto especialmente para Domingos, reproduzido no livro) até estrelas com quem contracenou, como Antônio Fagundes, Lilia Cabral, Ingrid Guimarães, Cauã Raymond, Maria Fernanda Candido, Gabriel Leone, Camila Pitanga e muitos outros. O texto da orelha é da atriz Denise Fraga, amiga que conviveu de perto com Domingos.

O espetáculo não para traz mais de 150 fotos, muitas delas inéditas, do acervo pessoal do ator, cedidas pela esposa Luciana Lima e pelo irmão Francisco Montagner. O leitor ainda tem a chance de conhecer o talento de Domingos como desenhista (outra das atividades que exerceu), a partir de ilustrações que fez ao longo da vida. O resultado é uma biografia repleta de imagens, narrada como se fosse um romance, com reviravoltas, surpresas e passagens emocionantes.

Livro: Domingos Montagner – O espetáculo não para
Autor: Oswaldo Carvalho
Editora: Máquina de Livros
Preço: R$ 69 (impresso) e R$ 49 (e-book)
Páginas: 352

Deixe seu comentário!

Andy Santana

CEO do Soda Pop, fotógrafo, inquieto, formado em moda e que ama música. Não exatamente nesta mesma ordem!

Andy Santana has 8212 posts and counting. See all posts by Andy Santana

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: