Resenha: Peça por Peça

Um bloco de plástico criado há 90 anos, com oito minúsculas saliências em seu dorso retangular e com três ocos na face inferior, é um dos brinquedos mais conhecidos e fascinante do mundo. Bastam seis deles para gerar mais de 915 milhões de combinações possíveis.

A história do Lego é tão admirável, que sua dinâmica de interação é usada em entrevistas de emprego, virou case de sucesso e objeto de estudo, que inclusive originou o livro “Peça por Peça“, de David C. Robertson com Bill Breen. O material conta os sucessos e fracassos da história da Lego, oriunda de Billund, Dinamarca, empresa conhecida mundialmente, através da sua perseverança e audácia.

Leia Também: LEGO vira coleção de livros infantis

O estudo de David e Bill é voltado para análise de mercado e marketing da empresa. Com detalhamento de técnicas usadas para criação de novos produtos que podem ser usadas como referência. Por ser um livro de 2014, o estudo hoje, é um pouco obsoleto, principalmente levando em conta que o mundo e o consumidor mudaram suas formas de adquirirem os produtos/informações.

Um livro voltado para estudantes de marketing e design, bem como curiosos e amantes do Lego. Porém não é uma leitura fácil/prazerosa, muitas das vezes incentiva largar as páginas que se parecem com uma tese de pós graduação. O que vale a pena é descobrir como algumas linhas de sucessos, como por exemplo, a Nijago foi criada. Do resto é muita informação repetitiva.

Livro: Peça por Peça
Autor: David C. Robertson e Bill Breen
Editora: Campus
Avaliação: 1/5
Páginas: 296

Deixe seu comentário!

Andy Santana

CEO do Soda Pop, fotógrafo, inquieto, formado em moda e que ama música. Não exatamente nesta mesma ordem!

Andy Santana has 8216 posts and counting. See all posts by Andy Santana

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: