Estrelado por Beto Sargentelli e Eline Porto, “Os Últimos 5 Anos” retorna em 2023 

O conceito de que toda história de amor dá certo pelo tempo em que dura é o mote de “Os Últimos 5 Anos”, que ganhou sua primeira montagem no circuito Off-Broadway em 2001. Adaptada para diversos idiomas em mais de 20 países, a produção chegou oficialmente ao Brasil em 2018, produzida pela H Produções Culturais em parceria com a Lumus Entretenimento e Andarilho Filmes, que retornam com a obra de Jason Robert Brown para uma terceira temporada de sucesso, de apenas quatro semanas, até 27 de agosto, no Teatro Nair Bello, localizado no Shopping Frei Caneca, em São Paulo.

Em cena, o ator Beto Sargentelli reprisa o papel de Jamie, que o sagrou Melhor Ator no Prêmio Bibi Ferreira e rendeu outras indicações, como no Prêmio Destaque Imprensa Digital, bem como a atriz Eline Porto, que volta a interpretar Cathy, que lhe rendeu o destaque no Prêmio Melhores do Ano UOL. Conhecidos especialmente no eixo Rio-São Paulo por diversos trabalhos em teatro musical, a dupla é responsável por encenar os dilemas atemporais retratados na versão brasileira de “The Last Five Years”, e encaram o desafio dobrado, de não apenas protagonizar o espetáculo como também produzi-lo, repetindo o formato bem sucedido em “Bonnie & Clyde” e “Nautopia”. 

Leia Também: Espetáculo “It’s me Elton” homenageia o icônico Sir Elton John 

Baseado em fatos reais, os cinco longos anos que no palco transcorrem em intensos 80 minutos, são inspirados no relacionamento do autor do texto e músicas, Jason Robert Brown e Theresa O’Neill, com quem teve um casamento fracassado. Considerado um dos mais aclamados compositores de musicais contemporâneos dos EUA, Brown inovou ao unir dois atores em cena sem que, para isso, precisassem interagir diretamente, exceto pela lembrança do dia do casamento, quando uma das 14 músicas possibilita um cruzamento entre as duas linhas de tempo.

Com muitas nuances, elas estão presentes também na trilha sonora, vencedora do Drama Desk Award de Melhor Música e Letra em 2002, que mescla pop, jazz, clássico, rock e folk. A direção musical é de Thiago Gimenes, as versões são de Rafael Oliveira, a direção de movimento de Keila Bueno, o design de luz de Paulo César Medeiros, design de som de Tocko Michelazzo, o visagismo de Marcos Padilha e a produção executiva de Lucas Mello

Serviço:
Sessões: 05 a 27 de agosto
Horário: Sábados às 21h00 e Domingos às 19:00h.
Duração: 80 minutos
Classificação:  12 Anos
Teatro: Teatro Nair Bello
Rua Frei Caneca, Nº 569, 3º Piso.
Bilheteria: (11) 3472-2414
Lotação: 200 Poltronas
Valores dos Ingressos
Inteira R$120 | Meia-Entrada R$60 | Alunos Escola de Atores Wolf Maya R$30

Deixe seu comentário!

Andy Santana

CEO do Soda Pop, fotógrafo, inquieto, formado em moda e que ama música. Não exatamente nesta mesma ordem!

Andy Santana has 8674 posts and counting. See all posts by Andy Santana

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *