“Manhattan” resgata glamour do teatro e do cinema norte-americanos dos anos 50

Todo o glamour e a busca pela fama numa Nova York dos anos 50, década dourada para o teatro e o cinema norte-americanos, inspiram Backstage Manhattan, com dramaturgia de Paulo Emílio Lisboa. O espetáculo tem sua temporada de estreia no Teatro Nair Bello, no Shopping Frei Caneca, entre os dias 10 de maio e 28 de julho. A direção é assinada por Maurício Guilherme e o elenco, além do próprio Paulo Emílio Lisboa, traz Priscila Sol, Letícia Birkheuer, Cynthia Falabella e Anderson Di Rizzi.

Leia Também: Marília Gabriela e o filho Theo Cochrane dividem os palcos em novo espetáculo

A dramaturgia é livremente inspirada na trajetória e na figura de norte-americano Tennessee Williams (1911-1983), pseudônimo de Thomas Lanier Williams III, um dramaturgo e escritor norte-americano que viveu todo o auge dessa época. Ele ficou conhecido por ter escrito grandes peças, como “Um Bonde Chamado Desejo” (vencedora do prêmio Pulitzer de Teatro), “Gata em Telhado de Zinco Quente”, “A Descida de Orfeu” e “Anjo de Pedra”, além de dezenas de roteiros para o cinema.

Sinopse

Manhattan se passa na Nova York dos anos 50. Na corrida pelo Oscar de 1956, o famoso Sr. Williams está pressionado pelos seus produtores e pelo estúdio para entregar o mais breve possível o novo roteiro do longa-metragem. No mesmo prédio onde ele vive, mora o famoso ator John Puccini, grande amigo e parceiro de trabalhos de grande sucesso.  Juntos, Sr. Williams e John Puccini curtem a vida badalada e glamourosa de Nova York. E o escritor precisa de muita paciência para receber diversos artistas que o aguardam na entrada do prédio, como as atrizes Deise e Cindy. Já a ciumenta Emily, ex-noiva de John Puccini, tenta arruinar qualquer pessoa que se aproxime de John, inclusive o próprio Sr. Williams. 

Serviço:
Temporada: 10 de maio a 28 de julho
Sextas, às 21h; Sábados, às 20h; Domingos, às 18h 
Teatro Nair Bello – Shopping Frei Caneca – Rua Frei Caneca, 569, 3º Piso, Consolação
Ingressos: R$ 100
Capacidade: 200 lugares
Classificação: 16 anos
Duração: 80 minutos
Acessibilidade: Teatro acessível a cadeirantes e pessoas com mobilidade reduzida. 

Deixe seu comentário!

Andy Santana

CEO do Soda Pop, fotógrafo, inquieto, formado em moda e que ama música. Não exatamente nesta mesma ordem!

Andy Santana has 8626 posts and counting. See all posts by Andy Santana

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *