Marisa Orth e Tania Bondezan protagonizam “Radojka – Uma Comédia Friamente Calculada”

A insegurança laboral no serviço doméstico e a questão da idade no mundo do trabalho são os grandes temas abordados pela peça Radojka – Uma Comédia Friamente Calculada, dos autores uruguaios Fernando Schmidt e Christian Ibarzabal. Ainda inédito no país, o espetáculo ganha uma versão dirigida por Odilon Wagner e protagonizada por Marisa Orth e Tania Bondezan, estreia no dia 19 de março no Teatro Faap onde segue em cartaz até 23 de maio, com sessões às terças, quartas e quintas-feiras, às 20h. 

Leia Também: José Rubens Chachá e Caio Paduan estreiam espetáculo “Palhaços” em São Paulo

A comédia estreou em 2016 em Montevidéu e, desde então, teve montagens bem-sucedidas no Uruguai, Chile, Argentina, Espanha, Colômbia, Peru, México, Costa Rica, República Dominicana, Porto Rico, EUA e Panamá. Além disso, conquistou os prêmios Estrella de Mar (2022), Carlos (2023) e ACE Awards (2023), na Argentina, e Bravo (2023), no México. E, em 2024, ainda deve estrear na Bélgica e no Paraguai.

O convite para montar essa obra veio do próprio autor Fernando Smith“, conta a atriz Tania Bondezan, que também assina a produção ao lado de Odilon Wagner. “Fernando me perguntou se eu tinha interesse em ler a peça e eventualmente montá-la. Eu morri de rir já na primeira leitura, encantei-me com a inteligência e com o humor do texto e já fui traduzindo. Então, mostrei a peça para o Odilon que também se encantou com o trabalho e se propôs a dirigi-lo“, explica a atriz.

Com humor cáustico, a peça acompanha duas cuidadoras de idosos, Glória e Lúcia, que trabalham em diferentes turnos para cuidar de Radojka, uma senhora sérvia que vive longe de sua família. Tudo funciona maravilhosamente bem até que, certa manhã, Glória descobre que Radojka faleceu, após um fatídico acidente doméstico. 

Leia Também: A Vedete do Brasil chega em São Paulo e resgata o mito de Virgínia Lane

A comédia é baseada nos planos delirantes que as cuidadoras tramam para não perder o emprego, o que acaba resultando em situações bizarras. O desespero de perder o emprego em uma certa idade, o duplo padrão, a ganância e a impunidade que certas situações dão como desculpa para quebrar nosso sistema de crenças e valores são temas apresentados pela obra. 

Serviço:
Temporada: 19 de março a 23 de maio, de terça a quinta, às 20h
Teatro Faap – Rua Alagoas, 903 – Higienópolis
Ingressos: R$ 120 (inteira) e R$ 60,00 (meia-entrada) R$ 42,00 (inteira ingresso social) R$ 21,00 (meia ingresso social)
Vendas online em https://teatrofaap.showare.com.br/  http://www.radojkaacomedia.art.br/
Bilheteria: de quarta a sábado, das 14h às 20h, e aos domingos, das 14h às 17h. Em dias de espetáculos, a bilheteria funciona até o início dos mesmos.
Classificação: 12 anos
Duração: 80 minutos
Capacidade: 477 lugares
Acessibilidade: teatro acessível para cadeirantes e pessoas com mobilidade reduzida. 

Deixe seu comentário!

Andy Santana

CEO do Soda Pop, fotógrafo, inquieto, formado em moda e que ama música. Não exatamente nesta mesma ordem!

Andy Santana has 8601 posts and counting. See all posts by Andy Santana

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *