Musical sobre Zé Ramalho faz temporada no Rio de Janeiro

Com mais de 40 anos dedicados à composição, poesia e música, o artista paraibano Zé Ramalho terá sua extensa obra celebrada na mais nova produção idealizada por Eduardo Barata, “O Admirável Sertão de Zé Ramalho”, que estreia em setembro, em curtíssima temporada no Teatro Municipal de Niterói, e depois segue para o Teatro Prudential, no Rio.

A montagem do musical, promove o reencontro da dupla responsável por uma das peças mais premiadas do teatro brasileiro: “Caranguejo Overdrive”. O cancioneiro do cantor e compositor, a literatura e os lugares retratados em sua trajetória ganham vida no palco através da dramaturgia de Pedro Kosovski e a direção de Marco André Nunes, mas não de forma tradicional e biográfica.

Leia Também: “Beetlejuice, o Musical” estreia com Eduardo Sterblitch no papel principal

Zé, o personagem, existirá somente nos números musicais, criando algo totalmente inédito. O elenco é diverso, possibilitando, desta forma, a abordagem de vários pontos de vista, contando diversas histórias dentro de uma só. “O espetáculo é uma homenagem a um grande brasileiro que levou para o mundo a força artística do Nordeste, com qualidade em sua realização e enorme potência criativa. Com argumento simples, mas poético e reflexivo, assim como a música de Zé Ramalho, o texto apresentará personagens de referência na obra do homenageado – os retirantes, a seca, o vilão, os palhaços, etc.“, conta o produtor e idealizador do projeto, Eduardo Barata.

Adriana Lessa em cena (Foto: Priscila Prade / Divulgação)

O elenco do espetáculo é encabeçado por Adriana Lessa – que entrou na produção às pressas para substituir a atriz Léa Garcia, que nos deixou recentemente -, Ceiça Moreno, Duda Barata, Marcelo Melo, Tiago Herz, Nizaj, André Muato, César Werneck, João Marcos da Conceição. O musical, se divide em 5 módulos: “Brejo da Cruz”, que apresenta as origens do artista; “Campina Grande”, sobre a cidade onde começou o interesse de Zé pela música; “João Pessoa” retrata momento lisérgico da vida do músico, quando ele começou realmente a compor; “Rio de Janeiro” apresenta a batalha por um lugar ao sol, passando pela fome a até a prostituição, e “Popstar” representa o sucesso e a consagração do autor de clássicos como “Admirável Gado Novo”, “Garoto de Aluguel”, “Pedra do Ingá” e “Chão de Giz”, entre outros.

Serviço:
Data: de 28 de setembro a 29 de outubro de 2023 
Horário: quinta a sábado às 20h, domingo às 18h 
Vendas presenciais: Quintas e Sextas: Setor A R$90 | Setor B R$60 
Sábados e Domingos: Setor A R$100 | Setor B R$60
Vendas Onlinehttps://bileto.sympla.com.br/event/87034/d/217007?_gl=1*dxhzyr*_ga*MTQ4MjU3NDk4Ni4xNjc4MjEyMzg0*_g%20a_KXH10SQTZF*MTY5NTIzOTYyMi4yMDkuMS4xNjk1MjQyMDA4LjAuMC4w
Lotação presencial: 359 lugares
Classificação: 12 anos
Duração: 90 minutos

Deixe seu comentário!

Andy Santana

CEO do Soda Pop, fotógrafo, inquieto, formado em moda e que ama música. Não exatamente nesta mesma ordem!

Andy Santana has 8565 posts and counting. See all posts by Andy Santana

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *