“Os Pequenos Mundos” estreia na programação #CCBBEMCASA

No mês da criança, o premiado grupo catarinense Eranos Círculo de Arte – referência em trabalhos cênicos interativos dedicados à infância – faz sua estreia nacional de “Os Pequenos Mundos” no dia 1º de outubro, sexta-feira, em formato on-line.

A obra integra a programação digital do Centro Cultural Banco do Brasil e é um convite a pessoas de todas as idades a participarem de uma aventura por mundos encantados, criados com caixas de papelão. A pessoa responsável pela criança recebe, antecipadamente, um tutorial com uma lista de materiais e orientações para preparação de um espaço cenográfico, em casa, que servirá como ambientação para a experiência teatral. Cada apresentação tem duração aproximada de 35 minutos. O espetáculo é indicado para crianças de 3 a 8 anos.

Leia Também: Musical “O Pequeno Príncipe: versão brasileira” estreia no Tom Brasil

O espetáculo fica em cartaz até 21 de novembro, aos sábados e domingos com sessões às 15h e às 17h, às quintas-feiras com apresentações às 10h, e nas sextas-feiras às 15h. As sessões de domingo possuem acessibilidade com intérprete de libras e audiodescrição. Toda temporada acontece pela plataforma Zoom e são permitidos até 20 ingressos por sessão – cada bilhete virtual dá direito à participação de toda família. Os ingressos custam R$30 (inteira) e R$15 (meia) e podem ser adquiridos no site www.bb.com.br/cultura. O valor arrecadado com a bilheteria será doado integralmente para a Associação Colmeia de acolhimento infantil – Belo Horizonte.

Em “Os Pequenos Mundos” o grupo trabalha pela primeira vez com a participação online das crianças. Para aproximar da experiência teatral, a companhia de Itajaí (SC) propõe que aconteça a preparação para o espetáculo dentro da casa do espectador, por meio de tutoriais que auxiliam os adultos na construção de um cenário com o que tiverem à mão, criando assim uma experiência física, tátil e extra cotidiana, para além das telas. “É importante que a cenografia se aproprie da narrativa infantil: crianças são os principais autores da produção desse pequeno espaço cênico. E quando começar a peça, ela vai ter acesso ao pequeno mundo que o adulto construiu para ela ou junto com ela”, diz Sandra Coelho.

Deixe seu comentário!

Andy Santana

CEO do Soda Pop, fotógrafo, inquieto, formado em moda e que ama música. Não exatamente nesta mesma ordem!

Andy Santana has 7864 posts and counting. See all posts by Andy Santana

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: