Resenha: Procura-se Um Marido

Uma comédia romântica típica de “Sessão da Tarde”, que deveria ser passada nos cinemas com recordes de bilheteria. “Procura-se Um Marido” de Carina Rissi, é aquele romance que você se sente tão parte da trama que ora se imagina no conto de fadas e ora relaciona com suas próprias histórias. Se fosse um filme nacional, certeza que Alicia poderia ser interpretada pela Mariana Ximenes enquanto Max poderia ser vivido pelo Rodrigo Hilbert. Porém para ser um blockbuster internacional, Lindsay Lohan seria a escolha perfeita para ser a protagonista de uma série no streaming.

A história de uma garota bilionária que se vê desesperada para casar a fim de reaver a herança deixada por seu avô é tipicamente conhecida. Após colocar um anúncio no jornal procurando por um candidato para um relacionamento em contrato, Alicia escolhe a melhor opção, o cara do trabalho por quem nutre uma genuína antipatia. Fórmula perfeita da receita cheia de glicose, porém com elementos tão divertidos, sensuais e uma construção detalhada de cada personagem e cena, que nos faz ficar ávidos para descobrir o desfecho, já que algo ‘não tão correto’ surge na trama, deixando-a investigativa e com um leve suspense.

Leia Também: Resenha: Entre Vinhos e Cafés

O marido de aluguel tão perfeito. O vilão disfarçado, a mocinha em perigo, tudo isso aliado a dramas cotidianos, te faz perder horas de sono e buscar desenfreadamente as páginas de só mais um capítulo. Adicione também a melhor amiga que está sempre presente, o avô que aparece em sonhos e uma vigarista que atrapalha o caminho da felicidade, ingredientes que deixam a receita perfeita para um final incrível, típico de um filme de sucesso.

Livro: Procura-se Um Marido
Autora: Carina Rissi
Editora: Verus
Nota: 5/5
Página: 476

Deixe seu comentário!

Andy Santana

CEO do Soda Pop, fotógrafo, inquieto, formado em moda e que ama música. Não exatamente nesta mesma ordem!

Andy Santana has 7819 posts and counting. See all posts by Andy Santana

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: