Diogo Locci lança o livro de contos “Cruel”

Tecnologias supérfluas a serviço de indivíduos mimados, exploração de classes, neoliberalismo escancarado e o afeto tratado como moeda de troca são alguns dos temas tocados pelo livro de estreia de Diogo LocciCruel, lançado em setembro de 2021 pela editora Folhas de Relva.

Na obra, os assuntos estão amparados pelo absurdo e pelo realismo mágico, criando uma atmosfera que se alterna entre o terror, o fantástico e o non-sense. O livro conta com ilustrações criadas pela artista plástica Liz Under e prefácio assinado pela escritora, dramaturga e mestre em Literatura e Crítica Literária Priscila Gontijo. A ilustração da capa é a tela Pássaro preto, do editor, escritor e artista plástico Alexandre Staut.

Leia Também: Resenha: O Inferno é Aqui

Ainda que os contos de Cruel sejam independentes, todos estão rodeados por situações abusivas de poder expressadas por várias instâncias: desde a afetiva e familiar até a política e trabalhista.

Sobre o tratamento fantástico dado às tramas, o autor comenta: “Procurei levar situações flagrantes de abuso de poder a um certo topo do absurdo. Quando localizado ali, me senti mais à vontade para ficcionalizá-las, criando histórias de terror social expressadas por meio de animais falantes, corpos de formas impossíveis e outros recursos fora do real”.

O livro está em pré-venda pelo site da editora Folhas de Relva e em breve estará disponível em livrarias e por meio de encomendas com o autor pelo e-mail diogolocci@gmail.com.

Livro: Cruel
Autor: Diogo Locci
Ilustradora: Liz Under
Editora: Folhas de Relva
Preço: R$ 45,90

Deixe seu comentário!

Andy Santana

CEO do Soda Pop, fotógrafo, inquieto, formado em moda e que ama música. Não exatamente nesta mesma ordem!

Andy Santana has 7852 posts and counting. See all posts by Andy Santana

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: